Meu Perfil
BRASIL, Sul, GRAVATAI, PARQUE DOS ANJOS, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Cinema e vídeo, Música, literatura, bebedeiras,etc.
ICQ - 666




 Dê uma nota para meu blog


 Boca do Inferno
 Mondo Paura
 Bakemon
 Andamentorapido
 Blog Terrotten
 Dollari Rosso
 Blog do Baierstorff
 Dementia13
 Filmes Para Doidos
 Necrofilmes
 Submundo de Nikolas
 Blonde Zombies
 Falha Nossa
 Black Vomit
 Espalha Merda
 Figura-Fundo
 Planeta Horror
 Asian Space
 Wurdulak
 Setimo Projetor
 Cine Trash Revival
 Download Filmes Cults e Antigos
 Cremosos & Furiosos
 Trixxx Filmes
 Olhos Livres
 Bela Lugosi Is Dead
 Go Go Pornville
 O Dia da Fúria
 Nascido em 29 de Março
 Viver e Morrer no Cinema
 Cine Demência
 God Vs. Godard
 Pulp International
 Big Monster Movie
 Blog do Dr. Gori
 Kinky D.I.Y. & Queer Fiction Productions
 Boteco Sujo
 B Movie Car Blues
 Paura Express
 Madhouse - Casa de Locos
 Punk & Horror
 Raro VHS
 Cine Monstro
 Cinema Gato Preto
 The Dungeon
 Midnight Drive-in
 Olhar Gratuito
 Vá e Veja
 Friki Tu Puta Madre!
 Asian Fury
 Radioactive Dreams
 Medo do Quê? - O Horror no Cinema Brasileiro
 Cinema Ex-Machina
 Cinema Poeira
 Insektron Comix
 Sapão 318
 Nuclear Yogurte
 Fräuleins Sem Uniforme
 Te Amo, Porra
 La Dolce Vita
 Coloradas na Area
 Revista Mad
 Xplastic
 Kung Fu/ kunf-fu Pow!
 Por Um Punhado de Euros
 Filmes de Merda!
 Cleycianne
 Kids of the 80's
 canibuk
 El Bizarro Mundo Nihilista
 Subsploitation
 Cine Dark Side
 Trashy Filipino War Movies
 Blog do Paura Flics
 Haverá Som de Fita
 Pobre Urbano
 Harakiri Chamber
 Vaara tapa
 Cine Ferox
 Menina Glamour
 Moranguinhu Sinéfila
 Overlook Hotel
 Vênus em Fúria





Blog do Blob


SUBCONSCIOUS CRUELTY

de KARIM HUSSAIN

(1999) 

 

Muito eu tinha ouvido falar dessa obra canadense, extramente polêmica e maldita. Praticamente banida aonde quer que fosse exibida. Dividindo opiniões que vão de "obra-prima" para "pura merda". Talvez a definição mais curiosa eu tenha visto no catálogo da Bulhorgia do GURCIUS GEWDNER que dizia: "filme que causa danos irreversíveis ao cérebro". Uau! Outro comentário divertido veio do Webcineblog: "esse filme não é recomendado a gestantes, cristãos e puritanos em geral. Para falar a verdade, não é recomendável a ninguém, mas cinema é cinema". Sendo assim,  ontem me preparei na frente da tela com um pacote de salgadinhos e cerveja (o que eu admito não é a coisa mais aconselhável para se fazer nesse caso) e me atirei de cabeça no abismo das crueldades do subconsciente.

Totalmente experimental, praticamente não há uma trama propriamente dita, mas segmentos diferentes, como frutos de delírios de mentes doentias. Depois de uma pequena introdução com uma voz em off falando da força que certos filmes têm em mexer com nossas mentes (entre as imagens que rola podemos ver a de uma pomba morta enrolado em um filme!), segue-se outra (sim, temos aqui praticamente duas intros!) em que intertítulos falam sobre o cérebro, de que o lado direito controla os pensamentos intuitivos passionais e criativos, enquanto o esquerdo cuida dos pensamentos lógicos e racionais. Para finalizar com as frases: "destrua o lado esquerdo do cérebro", "destrua suas mentiras". Entre esses dizeres vemos a imagem de uma mulher nua numa mesa e uma mão feminina empunhando um bisturi passeando pelo corpo da mesma até fazer uma incisão naquela região acima da vagina outrora conhecida como monte de vênus (digo outrora pois faz muitos anos que não ouço essa expressão, sinal de que estou ficando velho!). Após o corte (numa cena muito bem feita e em close!) a mão retira de lá de dentro um... olho! Após essa sequência surreal seguimos então para uma moradia decrépta, aonde mora um casal de irmãos pobres, sendo ela uma prostituta grávida, praticamente os únicos sons que ouvimos aqui é a impactante trilha sonora e a narração em off do irmão, um psicopata obcecado pela irmã e os mistérios do corpo humano (o que de certa forma me lembrou um conto que li há alguns anos: O LOUCO de GUY DE MALPASSANT, que contava os crimes de um serial killer narrados pelo próprio, ou seja, você acompanhava todas as loucuras da personagem pela ótica torta do mesmo, uma das melhores e mais pertubadoras coisas que já li sem sombra de dúvida!).A loucura vai aumentando conforme o avanço da gravidez da irmã (tudo filmado em cenários estilizados e uma iluminação que privilegia o vermelho e o preto, o que nos remete as viagens cromáticas do mestre ARGENTO, principalmente em SUSPIRIA e INFERNO). Tudo vai numa tensão crescente até atingir um clímax insuportável que é a cena do parto. 

 

Depois temos ainda um segmento em que várias pessoas nuas num campo se esfregam na terra e plantas em completo êxtase, como se quisessem fazer sexo com os elementos naturais, quase que um delírio hippie, se não fosse o fato de que o sangue brota abundantemente de galhos partidos de árvores (!!!), praticamente aqui só ouvimos a música, como num clipe doentio, há uma cena clássica: um casal se entrega a troca de pápeis (se é que me entendem...), o cara faz sexo oral na moça, que invés de um pênis falso, ou algo que o valha, utiliza como simbolo fálico uma faca, sim, o homem faz boquete na lámina!!! Extremo gore! Depois dessa doideira entramos para o delírio final, quero dizer, para a última parte: acompanhamos a rotina de um homem comum e solitário, que trabalha em um escritório chega, em casa e se masturba olhando filmes pornôs. Não demora muito e a coisa degringola de novo, mostrando os sonhos do tal cara, com a imagem de um cristo comtemporanêo que acaba sendo devorado por belas mulheres nuas!!! É interessante notar aqui várias imagens anticristãs, inclusive uma alausão que o diretor HUSSAIN (sobrenome sugestivo, hein?) faz comparando a igreja católica com o nazismo.

Uma autêntica viagem ao inconsciente. KARIM HUSSAIN conseguiu atingir plenamente suas pretensões. Um prato cheio para psicanalistas (se é que eles tem estômago para isso...). Alegórico, surreal, polêmico, provocador, blasfemo, insano e até poético, mas altamente brutal: além da já citada cena do boquete com a faca temos aqui canibalismo, mutilações, um recém-nascido degolado, uma castração feito com anzois, chuve dourada, entre outras doenças. Realmente não é para qualquer um. Se você conhece os primeiros filmes do JÖERG BUTTGEREIT (como os dois NEKROMANTIKs por exemplo), já terá uma idéia do que encontrar aqui. Um filme apenas para iniciados. E um clássico do cinema extremo!

 

 

 

 



Escrito por Blob às 08h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



E MAIS UM FERIADÃO SE APROXIMA!

Sim! Sábado dia 31 de Outubro, o famigerado Halloween e segunda é finados!! Um feriadão mórbido... Não é mesmo? Para aqueles que não pretendem farrear todas as noites, eis uma pequena listinha, humilde e despretenciosa (e bem eclética, indo do clássico ao trash sem pudor algum) para as madrugadas malditas que se seguirão. Dicas de filmes bacanas, para ver e rever, só ou acompanhado, mas preferencialmente com a  mente encharcada de cerveja!!! Não faltam aqui casas mal-assombradas, fantasmas, bruxas, vampiros, monstros, demônios, zumbis, lobisomens, lunáticos em geral... ou seja, só coisa boa! Se você tiver sugestões, ou até mesmo uma outra lista, não se faça de rogado e mande logo!

NOTA: Não coloquei aqui filmes como HALLOWEEN, EVIL DEAD  e THE NIGHT OF THE LIVING DEAD, pois além de  óbvios são hours concours, não é mesmo? Escrevo isso como se a minha lista não fosse um tanto quanto óbvia. HEHEHE!

Então lá vai:

A CASA DOS MAUS ESPÍRITOS (House on Haunted Hill) de WILLIAM CASTLE

ORGIA DA MORTE (Masque oh the Red Death) de ROGER CORMAN

A CASA DA NOITE ETERNA (The Legend of the hell house) de JOHN HOUGH

A MÁSCARA DE SATÃ (Black Sunday a.k.a. La Maschera del demonio a.k.a. The mask of Satan) de MARIO BAVA

 HÄXAN de BENJAMIN CHRISTENSEN

THE BEYOND de LUCIO FULCI

VIY - O ESPIRÍTO DO MAL (Viy) de KONSTATIN YERSHOV, GEORGY KROPACHYOV e ALEXANDER PTUSHKO

PHENOMENA de DARIO ARGENTO

O EXPRESSO DO HORROR (Horror Express) de EUGENIO MARTIN

A SENTINELA DOS MALDITOS (The Sentinel) de MICHAEL WINNER

ALUCARDA de JUAN LÓPEZ MOCTEZUMA

À MEIA-NOITE LEVAREI SUA ALMA de JOSÉ MOJICA MARINS

THE NIGHT OF TERRORS de ANDREA BIANCHI

GRITO DE HORROR (The Howling) de JOE DANTE

HELL OF THE LIVING DEAD de BRUNO MATTEI

NUDE FOR SATAN a.k.a. NUDA PER SATANA DE LUIGI BATZELLA

AS NOIVAS DO VAMPIRO (The Brides of Dracula) de TERENCE FISHER

O DIA DA BESTA (El Día de la bestia) de ÁLEX DE LA IGLESIA

O VAMPIRO (Vampyr) de CARL THEODORE DREYER 

ANTROPOPHAGUS de JOE D'AMATO

 

 



Escrito por Blob às 19h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



OUTRA MUSA DESTE HUMILDE BLOGUEIRO

Que me perdoe SYLVIA KRISTEL e outras menos cotadas, mas para mim , a Black Emanuelle é a melhor de todas!!! Ainda mais pelas mãos do tarado JOE D'AMATO!!! Só por EMANUELLE IN AMERICA e EMANUELLE AND THE LAST CANNIBALS, ela põe no bolso todos aqueles filmecos mixurucas do cine privê da Bandeirantes...

Com vocês, a bela mulata oriunda da Indonésia:

LAURA GEMSER

EmanuelleinAmerica4.jpg image by patrick32481

 



Escrito por Blob às 19h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]