Meu Perfil
BRASIL, Sul, GRAVATAI, PARQUE DOS ANJOS, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Cinema e vídeo, Música, literatura, bebedeiras,etc.
ICQ - 666




 Dê uma nota para meu blog


 Boca do Inferno
 Mondo Paura
 Bakemon
 Andamentorapido
 Blog Terrotten
 Dollari Rosso
 Blog do Baierstorff
 Dementia13
 Filmes Para Doidos
 Necrofilmes
 Submundo de Nikolas
 Blonde Zombies
 Falha Nossa
 Black Vomit
 Espalha Merda
 Figura-Fundo
 Planeta Horror
 Asian Space
 Wurdulak
 Setimo Projetor
 Cine Trash Revival
 Download Filmes Cults e Antigos
 Cremosos & Furiosos
 Trixxx Filmes
 Olhos Livres
 Bela Lugosi Is Dead
 Go Go Pornville
 O Dia da Fúria
 Nascido em 29 de Março
 Viver e Morrer no Cinema
 Cine Demência
 God Vs. Godard
 Pulp International
 Big Monster Movie
 Blog do Dr. Gori
 Kinky D.I.Y. & Queer Fiction Productions
 Boteco Sujo
 B Movie Car Blues
 Paura Express
 Madhouse - Casa de Locos
 Punk & Horror
 Raro VHS
 Cine Monstro
 Cinema Gato Preto
 The Dungeon
 Midnight Drive-in
 Olhar Gratuito
 Vá e Veja
 Friki Tu Puta Madre!
 Asian Fury
 Radioactive Dreams
 Medo do Quê? - O Horror no Cinema Brasileiro
 Cinema Ex-Machina
 Cinema Poeira
 Insektron Comix
 Sapão 318
 Nuclear Yogurte
 Fräuleins Sem Uniforme
 Te Amo, Porra
 La Dolce Vita
 Coloradas na Area
 Revista Mad
 Xplastic
 Kung Fu/ kunf-fu Pow!
 Por Um Punhado de Euros
 Filmes de Merda!
 Cleycianne
 Kids of the 80's
 canibuk
 El Bizarro Mundo Nihilista
 Subsploitation
 Cine Dark Side
 Trashy Filipino War Movies
 Blog do Paura Flics
 Haverá Som de Fita
 Pobre Urbano
 Harakiri Chamber
 Vaara tapa
 Cine Ferox
 Menina Glamour
 Moranguinhu Sinéfila
 Overlook Hotel
 Vênus em Fúria





Blog do Blob


PARA ESTRAGAR TEU DIA...

Curtinha tosco gravado numa madrugada fria e estrelada por dois desocupados (eu e o DOUTOR INSEKTO).



Escrito por Blob às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



MASSACRE

(1989)

de ANDREA BIANCHI

Eu estava ansioso para ver essa bagaça por dois motivos: o primeiro é que este é o filme cuja algumas cenas foram reaproveitadas no genial A CAT IN THE BRAIN (1990) do grande LUCIO FULCI, provando que com uma colagem de filmes ruins se pode obter um resultado positivo. O outro motivo é o próprio diretor ANDREA BIANCHI, um cara capaz de realizar um Giallo deliciosamente vulgar como NUDE PER L'ASSASSINO (1975) e o "clássico" NIGHTS OF TERROR (1981), simplesmente um dos "melhores" piores filmes de zumbi de todos os tempos!! Sim, BIANCHI para mim está naquele nível de gente como BRUNO MATTEI e LUIGI BATZELLA, mestres em fazerem merdas divertidas.

Antes de mais nada é sempre bom lembrar que se você é daqueles que gosta de filmes redondinhos, com roteiro inteligente e acabemento técnico profissional, então é melhor parar de ler por aqui e voltar para o seu Playstation 3. MASSACRE (ou MASSACRO, como acabou sendo lançado em video na Itália) é um Giallo/slasher dos mais vagabundos. A tranqueira começa com um serial killer esquartejando uma prostituta em uma autoestrada em plena luz do dia (cena que seria reaproveitada e "reeditada" em A CAT...). Depois corta para uma cena noturna, aonde vemos várias figuras vestidas de monges se reunindo num círculo em volta de uma fogueira em um cemitério (!), logo uma moça que estava desacordada atrás de uma árvore perto do círculo acorda e se junta aos seres esquisitos, logo descobre que eles são criaturas monstruosas (destaque para as vexatórias máscaras carnavalescas!). A essa altura o espectador se encontra confuso, pois nada até agora fez sentido algum!!! Até que alguém grita corta, e descobrimos que toda a ladainha no cemitério é uma filmagem tosca. Logo acabamos acompanhando  a equipe de filmagem, com direito a reuniões da equipe e xiliques de egos. Mas peraí, e o crime lá no comecinho? Poisé, um serial killer anda matando garotas na região aonde os manés estão rodando o filme (é claro!), um policial (GINO CONCARI) acompanha as filmagens, mas ele parece menos interessado em investigar, do que papar a atriz principal (PATRIZIA FALCONE), com quem têm um romance. Nesse meio tempo, a equipe acaba sendo submetida a uma sessão espírita (!!!) como trabalho de campo. Durante o ritual eles invocam o espiríto de um serial killer chamado Jack (o estripador???). Bom, até aqui se passou metade do filme, e fora o assassinato no início não aocntece nenhuma morte, mas BIANCHI rechea essa pasmaceira com cenas de nudez gratuita e subtramas absurdas e diálogos ridículos (como a lésbica que canta a protagonista: "você já transou com mulher?" pergunta a garota apaixonada. "Uma vez", responde  a outra, "mas eu tinha oito anos e ela sete". Puta merda!!). É na segunda metade do filme que ele engata de vez com todo mundo sendo morto sistematicamente pelo misterioso assassino, até a conclusão sobrenatural e completamente ridícula (e não vou fazer spoiler para não estragar a piada). Não falta aqueles finais falsos à la ARGENTO, e a cena final é simplesmente patética.

Como era de se esperar as cenas mais toscas e divertidas foram espertamente surrupiadas por LUCIO FULCI em A CAT IN THE BRAIN, sendo assim quem, como eu, viu o filme do FULCI primeiro, vai se estrepar, pois a pouca coisa que sobrou. MASSACRE simplesmente não faz jus ao título, recheado de pontos mortos e cenas dispensáveis (como a cena do cara fazendo cross-dressing), só escapa da monotonia completa graças a nudez da mulherada (se você não se interessa por mulher pelada corre o risco de terminar o filme babando no mais profundo sono) e uma ou outra situação vergonhosa. Não se pode deixar de citar a trilha e os penteados completamente datados. Assim como a já citada cena de exorcismo aonde a atriz que interpreta a médium (ANNA MARIA PLACIDO em seu segundo dos três filmes que fez na vida) capricha nas caretas hilárias. 

Embora seja ruim até a medula, infelizmente não chega ao nível de NIGHTS OF TERROR, este sim um filme cuja a ruindade o torna completamente impágavel! Claro que como curiosidade serve como espiada, isto se você for interessado em eurohorror, caso contrário passe longe... 

 

 

 

       



Escrito por Blob às 13h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]